Holistika

Um espaço que trata da saúde da alma, da mente e do corpo

Arquivo para Cultura Indígena

Índios terão acervo digital de sua cultura

Brasília, 19/04/2011 (MJ) – A Associação Indígena Ikpeng celebrou termo de cooperação com a Fundação Nacional do Índio (Funai) para a criação de um acervo digital de sua cultura. A parceria foi firmada nesta terça-feira, (19), no Memorial dos Povos Indígenas em Brasília, em homenagem ao Dia do Índio. O objetivo do acordo é garantir o acesso de futuras gerações ao patrimônio cultural do povo Ikpeng. O conteúdo do acervo digital poderá pelo site http://www.museudoindio.org.br/ .
 
O acordo permitirá a preservação adequada dos registros coletados, com uso de tecnologia oferecida pelo Museu do Índio e pela Funai. Dezesseis representantes da etnia estiveram em Brasília para participar das comemorações do Dia do Índio. “O que for produzido a partir desse projeto, com a documentação da língua e do patrimônio cultural, poderá ser utilizado pelos Ikpeng sem necessidade de interferência não-indígena”, declarou o presidente da Funai, Márcio Meira. O presidente da Associação Indígena, Kumaré Ikpeng, estava satisfeito com o acordo. “Tenho certeza que nosso material, nossa língua, nossa história estará em boas mãos”, afirmou ele.

————————-

Ministério da Justiça

www.mj.gov.br

Oração dos Índios

No dia 19 de abril, data em que se festeja o Dia do Índio no Brasil, não há muito o que comemorar. Mas mando meu recado a todos os povos indígenas do planeta, com a seguinte oração:

Chief Joeseph, povo Wallowa (Idaho/EUA)

“Oração dos Índios

Oh grande Espírito! Cuja voz escuto nos ventos, cujo respiro dá vida a todo o mundo, escuta-me:

Eu chego a ti, um entre teus tantos filhos; sou pequeno e débil. Necessito tua força e sabedoria.

Deixa que caminhe na beleza e que meus olhos guardem o vermelho e púrpura do sol que se põe.

Faz com que minhas mãos saibam respeitar as coisas que criaste, e que meus ouvidos sejam abertos para escutar tua voz.

Faz-me sábio, para que possa compreender as coisa que ensinaste a meu povo, a lição escondida em cada folha e pedra.

Busco a força, não para ser superior a meus irmãos, se não para ser capaz de lutar contra meu maior inimigo: eu mesmo.

Faz-me sempre digno de chegar a ti, com as mãos limpas e olhar reto, assim quando a vida se desvanecer como um sol que se põe, meu espírito chegue a ti sem vergonha.”

(Índios Peles Vermelhas da América do Norte)