Holistika

Um espaço que trata da saúde da alma, da mente e do corpo

Arquivo para novembro, 2009

De férias

Aos meus querido amigos que dedicam, eventualmente, parte de seu tempo à leitura dos posts de Holistika aviso que me ausentarei por alguns dias, em merecido período de gozo de férias. Mas eu volto. 😉 Beijos e até breve.

Ricardo Chemas fala sobre: A Cura através dos Sonhos

Ao vasculhar meus alfarrábios virtuais, eis que encontrei uma matéria escrita por uma amiga jornalista, Tânia Contreiras, sobre palestra proferida pelo cientista paulista radicado na Bahia, Ricardo Chemas. Em  30 de junho deste ano, o médico clínico e neuropsiquiatra palestrou para cerca de 80 pessoas na Clínica da Família, no bairro de Vila Laura, em Salvador, sobre um tema que fascina a todos: sonhos. Desfrutem do texto.

>>>>>>>>>>>>  

A Cura através dos Sonhos  

Por Tânia Contreiras 

O palestrante deu início ao tema reportando-se à Grécia e ao deus da Medicina, dormiam pacientes – entre cobras sagradas –, no intuito de que lhes fossem revelados, através dos sonhos, os medicamentos e o tratamento para seus males. Eram os sacerdotes e médicos – que naquele tempo significavam a mesma coisa – que interpretavam os sonhos e prescreviam os medicamentos revelados a cada paciente durante o sono. Do templo de Esculápio aos xamãs e suas plantas sagradas, das citações bíblicas às escolas esotéricas que identificam a dimensão onírica como “o mundo dos mortos”, chegando à abordagem psicológica dos sonhos, através de nomes como de Sigmund Freud e Carl Gustav Jung, dentre outros, o cientista Ricardo Chemas foi mostrando à platéia os sonhos sob diferentes enfoques ao longo do tempo e da história, até chegar à técnica de cura que utiliza com seus pacientes.
   
Poeira das estrelas
 
“Nós todos somos plasmados de poeira das estrelas”, afirmou o palestrante, lembrando que a maior parte dos elementos químicos são forjados nas grandes estrelas. O cientista recordou, ainda, que nosso cérebro – por ser formado por todos os elementos cozidos nas estrelas – guarda toda a história universal. “A Humanidade tem sonhos universais com temas característicos, como estar nu em público ou ser perseguido por animais selvagens, por exemplo”, explica o palestrante, mencionando a teoria da seleção natural de Darwin, segundo a qual vivemos milhões de anos nas árvores, antes de descermos e perdemos a cauda. No entendimento do médico, muitos dos nossos sonhos são resquícios dos tempos em que precisávamos nos proteger de animais como as cobras e de outros tantos perigos. “É muito pequeno o nosso tempo de civilização e cultura, apenas 40 mil anos”, enfatiza, acrescentando que vários de nossos sonhos refletem um contexto evolutivo específico, que abrange circunstâncias ambientais e bioquímicas. Na interação com a platéia, o palestrante explicou a diferença entre a abordagem oníricotoxicológica dos sonhos, através da qual vem curando inúmeros pacientes, e as abordagens psicológicas conhecidas do grande público. “Minha forma de olhar é mais objetiva, embora nada impeça que o paciente possa buscar o entendimento dos seus sonhos dentro de uma orientação psicológica”, afirma. Segundo o entendimento do cientista, as interpretações psicológicas dos sonhos, por serem muito subjetivas, tornam-se um caos de “achismos”. Ao utilizar a matéria médica sobre drogas que induzem sonhos específicos, o médico – sem passar pelas interpretações subjetivas dos sonhos – detecta qual a substância que está adoecendo o paciente e prescreve o medicamento tomando por base o princípio da analogia, que caracteriza a homeopatia de Samuel Hanneman “As interpretações psicológicas não dão o remédio”, alerta o médico.
 
Um caso clínico
 
A título de ilustração, o Dr. Chemas contou para a platéia um dos inúmeros casos de cura obtida através da abordagem onírico-toxicológica com um paciente. O homem, depois de muitos meses de crises insuportáveis de dores de cabeça, descobrira, através de exames complexos, que desenvolvera um tumor cerebral. O procedimento cirúrgico indicado imediatamente não só não curou o paciente (o tumor voltou e atingia já o tamanho de uma laranja), como também o privou da visão esquerda. Receoso de uma nova cirurgia e de perder a visão que lhe restava, o homem – formado em Física Avançada – foi, então, em busca do médico que “curava ouvindo sonhos”, ainda que aquilo  lhe parecesse esquisito. Diante do médico, ao ouvir a pergunta “com o que o senhor sonha?”, o novo paciente relatou que sonhava freqüentemente com pescas e pescarias. Nos sonhos do paciente, o Dr. Chemas encontrou a chave para a cura (Ver boxe), que foi obtida através da administração de pequenas quantidades de prata. O tumor desaparecera totalmente.
 
Sonhos versus elementos
 
Segundo a abordagem onírico-toxicológica do médico, todo elemento químico que é introduzido no organismo é acompanhado de determinado padrão de sonho. Os exames laboratoriais podem, conforme explica o palestrante, confirmar o desequilíbrio de elementos revelados através dos sonhos, embora o que possa ser considerado como níveis normais pelos exames muitas vezes seja excessivo para determinado indivíduo, devido a uma sensibilidade maior relacionada a um ou mais elementos. No decorrer da palestra, Dr. Chemas listou alguns temas comuns nos sonhos, relacionando-os aos elementos que induzem o fenômeno:
 
 Antimônio (Sb) – Sonhos com a própria família, com o país natal etc.
Arsênico (As) Sonhos com escuridão, acidentes, águas negras ( a pessoa intoxicada com este elemento assume características militares, autoritárias)etc.
Ferro (Fe) Antigos companheiros de escola, velhos amigos, parentes e amigos mortos há muito tempo etc.
Fósforo(P)Sonhos com sangue, bebendo água, sonhos clarividentes etc.
Hidrogênio (H)Sonhos com o espaço cósmico, com a própria mãe, com o oceano, dirigindo carros surreais, sonhos homossexuais etc.
Magnésio (Mg) Sonhos com cemitérios, túmulos, avó falecida, inundações etc.
Manganês (Mn)Sonhos proféticos, clarividentes, reconciliações, perigo de morrer etc.
Prata (Ag) Sonhos com cobras, peixes e pescarias etc.
Silício (Si) Sonhos com desertos, terremotos,maremotos,inundações, tempestades no mar etc.
Níquel (Ni)Sonhos com cabeças cortadas, demônios etc.
  
 
 

Para o cientista Ricardo Chemas, guardamos em nosso DNA toda a história universal. Eventos que aconteceram na história da evolução da vida podem ser a tivados no nosso dia-a-dia, a qualquer tempo. Originamo-nos da água – explica – e temos em nós a mesma proporção de elementos químicos encontrados na água do mar. Temos registros da origem da vida, da fase de transição da água para a terra e das grandes catástrofes vivenciadas num passado remoto. Os sonhos evocam memórias perdidas de histórias do passado. Somos poeira das estrelas. As mais de 80 pessoas que estiveram ouvindo o cientista Ricardo Chequer Chemas certamente registraram a expressão latina – sua última fala da noite – com um quê de esperança: Per aspera ad astra (Por caminhos árduos, até as estrelas). Há luz à nossa espera…
———————–
  
 Dr. Ricardo Chemas é Fellow da Royal Society of Medicine of the United Kingdon. Ser membro da Real Sociedade de Medicina do Reino Unido da Grã Bretanha só é concedida a pouquíssimos cientistas do mundo. Membro também da New York Academy of Sciences (USA) e da British Association for the Advancement of Science, Dr. Chemas é um dos médicos e cientistas baianos mais laureados e reconhecidos internacionalmente.
 
Visite site de Ricardo Chemas

 

 

Mundo Verde premia declaração de amor ao mundo

Concurso cultural oferece estadia em eco-hotel de Goiás

Ação é divulgada também nas redes sociais

No Mundo Verde, declarar amor pelo mundo pode valer um fim de semana com acompanhante em um eco resort. A rede acaba de lançar o Concurso Cultural Eu Amo o Mundo.

Para concorrer, basta acessar o hotsite http://www.mundoverde.com.br/euamoomundo até dia 5 de dezembro e postar foto e declaração de amor pelo mundo, com até 300 caracteres. A premiação dá direito a transporte e hospedagem com café da manhã no Hotel Parque das Primaveras, em Caldas Novas (GO), considerado o paraíso das águas quentes no Brasil.

Além do hotsite criado especialmente para realizar o concurso, há distribuição de folders nas lojas Mundo Verde em todo o país e divulgação na web, por meio do Blog Mundo Verde (agora em novo endereço – http://www.mundoverde.com.br/blog) e das redes sociais Orkut, Twitter, Facebook e Flickr.

O resultado será divulgado no dia 15 de dezembro. O vencedor poderá viajar no período entre 1º de fevereiro e 30 de abril de 2010, excluindo-se os feriados.

Hotel Parque das Primaveras 

————————

Material foi enviado pela Assessoria de Comunicação do Mundo Verde

Exercícios físicos em casa com bola

Recebi esse material há um tempo e gostei muito. Como não é algo factual, deixei para publicar em um momento mais tranquilo. Acho que deve ser uma boa opção para quem quer se manter em forma – pelo menos sair um pouco do sedentarismo – e não tem tempo para ir a uma academia.

Boa malhação para vocês!

———————

ROTEIRO PARA EXERCÍCIOS COM BOLA

1. Cowboy

Objetivo: aquecimento;
Posição Inicial: sentado sobre a bola;
Movimento: saltar empurrando os pés contra o chão;
Variação: saltar afastando os joelhos e batendo as palmas das mãos acima da cabeça – como no exercício “polichinelo”. Saltar por 3 minutos.

 

2. Elevador

Objetivo: fortalecimento de pernas;
Posição Inicial: em pé com bola apoiada entre a parede e a parte superior da coluna, manter os pés a frente do quadril;
Movimento: flexionar e estender o joelho, sempre mantendo o abdominal contraído;
Realizar 3 séries de 8 repetições cada.

 

 

3.Abdominal

Objetivo: fortalecimento dos músculos abdominais inferiores;
Posição Inicial: deitado no chão com a bola entre os joelhos flexionados;
Movimento: trazer a bola em direção ao peito sem tirar a coluna do chão;
Realizar 3 séries de 15 repetições cada.

 

4. Alongamento

Posição Inicial: joelhos apoiados no chão e a bola apoiada no lado direito do corpo;
Movimento: apoiar a lateral do quadril sobre a bola, levando a mão direita em direção ao chão, o braço esquerdo permanece esticado acima da cabeça. Manter por 30 segundos e repetir para o outro lado.

 

5. Relaxamento

Posição Inicial: deitado sobre o chão, pés apoiados na bola;
Movimento: balançar as pernas de um lado para o outro;
Manter por 30 segundos a posição e descansar.

 

Sobre a bola
A Gynastic Ball é fabricada em vinil de alta resistência e suporta até 200 kg. O produto está a venda em todo o Brasil em diversos tamanhos, relacionados à altura do usuário. Para escolher, é preciso ter orientação fisioterapeuta ou educador físico e seguir a tabela abaixo:
 
TAMANHO    COR             ALTURA DO USUÁRIO
45 cm             amarelo       De 1 metro a 1,20m
55 cm             vermelho     De 1,20 m a 1,50 m
65 cm             prata            De 1,50 m a 1,70 m
75 cm             laranja         De 1,70 m em diante

———————–

Material enviado pela Assessoria de Comunicação da Carci , especializada em soluções para fisioterapia e reabilitação física.

Festival Holístico Internacional – Imbassaí (BA)

Zeca Baleiro, Xangai, Armandinho e J. Velloso são algumas atrações musicais que se apresentam no Festival Holístico Internacional, que acontece nos dias 27, 28 e 29, na praia de Imbassai, Mata de São João.

Zeca Baleiro, cantor e compositor

O objetivo do evento é viabilizar a implantação de um Pólo Temático Holístico na região de Imbassai, voltado para a arte, ciência, tecnologia, cultura, saber e entretenimento.

Acompanhado de sua banda, Zeca Baleiro se apresenta no dia 28, às 22 horas, com repertório que faz uma retrospectiva de sua carreira. Inclui releituras de canções já consagradas, como Salão de Beleza, Babylon e Quase Nada.

A coragem d’O Louco

O Louco. Quando eu era pequena, minha mãe me ensinou um monte de conceitos sobre moral, ética, respeito à autoridade e outros babados mais. Eu acho que eu aprendi pelo menos a maioria desses ensinamentos. Mas, por que será que às vezes me sinto como um peixe que não pulou para fora da água? Sim, porque… eu tenho a impressão de que os peixes estão pulando fora da água e eu estou ficando aqui no marzão, sozinha… nadando… nadando… Quem é a louca? Sou eu?

Não faz muito tempo que eu era criança e hoje observo que os valores do mundo se invterteram completamente. Não sei se sou eu que estou subvertendo a ordem ou se é o mundo que está ao contrário. Ok, tudo é uma questão de ponto de vista, não é mesmo?

O Louco | Tarô David

O que é O Louco no Tarô? Ora, tem vasta literatura que trata disso. Aliás, este é um dos arcanos mais paparicados pelos estudiosos do assunto. O Louco é, não raro, associado aos irreverentes, irresponsáveis, artistas, inovadores, vanguardistas, sonhadores, precipitados, ousados, e por aí vai, blá blá blá blá blá blá.

Então tá. O arcano da vez é O Louco. A lâmina por si só já pulula nas mesas causando controvérsia. Há quem diga que ele é o zero, uns dizem que é o 21 e outros afirmam que ele é o 22. Na verdade, acho que isso é apenas um detalhe, o que importa é a força mágica do arquétipo e o que ele projeta.

O Louco é fascinante e fico muito feliz em sacá-lo do meu baralho para ocupar a telinha de Holistika, porque estou, de fato, precisando dar um salto. Não no vazio, para sucumbir no precipício, mas me lançar no espaço, sem fronteiras, etérea, livre, aerada.

O Louco me dá coragem. Não a coragem cheia de destemor d’O Carro ou a segurança d’O Imperador. Amo a pureza infantil desse Doido que não tem vergonha de assumir o que pensa, o que sente e que, sobretudo, tem a descaração de se jogar para a glória, a compreensão de tudo. Ou quase tudo. Pelo menos ele tenta.

Esta é uma ótima hora para eu Enlouquecer. Tenho vivido a sensação de que tudo está muito certinho. Está me faltando a surpresa. Belo puxão de orelha das cartas. Estou uma chata. Um tédio.

De todas as boas loucuras da vida, está me faltando mais lazer, mais riso, mais colorido, mais sabores na vida. Tudo bege… É hora de lançar mão do colorido despojado e desconexo d’O Louco! Vermelho, azul, branco, amarelo, todas as cores! Vamos tocar um instrumento musical, como os bardos! Vamos dançar uma modinha caipira, rodopiando no mesmo lugar! Vamos contar piadas, fazer os outros darem boas gargalhadas! Vamos sonhar em chegar lá, em conquistar, ou vamos simplesmente sonhar com o infinito! Customizar roupas batidas é uma boa ideia. Um corte sapeca nos cabelos providenciei na semana passada e amei!

Minha ligação com O Louco é pra lá de íntima. Nasci no dia d’O Louco, 1º de abril. Nada de dizer que é o Dia da Mentira. Na verdade, é o dia do faz de conta. De fazer de conta que se é rei, que se é vagabundo, que se é doutor, palhaço, moleque, brincalhão. O importante é sair da rotina, ser feliz e fazer o maior número de pessoas à nossa volta felizes. A vida é bela e breve e O Louco sabe disso. Por isso segue como uma metamorfose ambulante, por aí, traquinando.

Tenho um colega que curte Tarô e uma vez o vi colocando as cartas em ordem depois de terminar uma jogada. O Louco ficou por último. Onde ele o colocou? Não na frente, não no 21º nem no 22º lugar. Ele enfiou a carta no meio das outras cartas, sem ver onde caiu e disse: “O Louco é livre. Não obedece a convenções. Ninguém o prende. Ele transita livre dentro do baralho”. É isso aí. E concordo. Não é à toa que o coringa das cartas de baralho substituem qualquer outra carta. Os coringas são filhos d’O Louco.

Deus protege os bêbados, as crianças e os loucos.

———————

Visite Taroteca para conhecer dezenas de baralhos de Tarô.